Jornal A Praça - O Jornal de Iguatu

Você está aqui: Arquivos Entrevistas

[Entrevista] - Dárcio Camilo Pinto, Gerente do BB de Iguatu

E-mail
Foto:J.GuedesO acadêmico do 5º semestre do curso de Direito, Dárcio Camilo Pinto, 45 anos, é o novo gerente do Banco do Brasil de Iguatu. Dárcio também é formado em Administração e Pedagogia e pós-graduado em Mercado Financeiro. Ele chegou ao Centro-Sul, oriundo de outro centro importante, o município de Quixeramobim, no Sertão Central. O executivo trouxe na bagagem novas idéias a serem implantadas e muitas metas a alcançar, à frente da agência do BB local. Sobre esses projetos e os desafios encarados de frente, para vencer a burocracia e humanizar ainda mais o atendimento à clientela, ele conta tudo em entrevista ao A Praça desta semana.

A Praça - Como o senhor recebeu a notícia de sua transferência de Quixeramobim para a agência de Iguatu?
Dárcio Camilo – Recebi, com muita satisfação e orgulho, a notícia de minha nomeação para gerir os negócios do Banco do Brasil na praça de Iguatu, pois em meu plano de carreira, dentro da empresa, a agência sempre foi vista como o objetivo a ser alcançado.

A Praça - Como está sendo a recepção da praça iguatuense?

Dárcio Camilo - A cada visita que faço, percebo como o povo da cidade é hospitaleiro e cortês. Fui recebido muito bem, e noto uma grande expectativa por parte da clientela para o resultado do trabalho que estamos nos propondo a fazer, como melhoria do atendimento, alavancagem dos negócios do banco na praça.

A Praça - Como o senhor está realizando o seu trabalho à frente da agência do BB em Iguatu?

Dárcio Camilo - Nosso trabalho está focado em tres pilares: atendimento ao cliente; alavancagem de negócios e o desenvolvimento regional sustentável.

A Praça - O Banco do Brasil, por seu uma instituição de crédito com uma grande gama de clientes, acaba enfrentando problemas no atendimento, pelo fato de ter uma equipe com poucos funcionários para atender de forma satisfatória. Como o senhor está enfrentando os desafios de resolver os problemas com as tradicionais filas nos caixas e no próprio atendimento da agência, dois dos problemas mais reclamados pelos clientes?

Dárcio Camilo - Como foi comentado anteriormente, o atendimento ao cliente é nossa prioridade. Para isso estamos em processo de instalação de mais três pontos do Banco Popular do Brasil na praça, pontos este que ficarão à disposição de nossos clientes para saques até o valor de R$ 500,00 (quinhentos reais),  pagamento de títulos do BB até 5.000,00 (cinco mil reais), além de disponibilizar nosso gerenciador financeiro onde o cliente  pode fazer  suas transações com o banco 24h por dia 7 dias por semana.

A Praça - É verdade que além do auto-atendimento na agência, os caixas-eletrônicos, do posto Millenium e da farmácia São José e o correspondente bancário (Banco Popular) da Rua Deocleciano Bezerra, o Banco do Brasil vai instalar mais duas unidades de auto-atendimento fora da agência? Em que locais serão as instalações?

Dárcio Camilo - Como foi comentado anteriormente, o atendimento ao cliente é nossa prioridade, para isso estamos em processo de instalação de mais três pontos do Banco Popular do Brasil na praça, pontos este que ficarão a disposição de nossos clientes para saques até o valor de R$ 500,00 (quinhentos reais),  pagamento de títulos do BB até 5.000,00 (cinco mil reais), além de disponibilizar nosso gerenciador financeiro onde o cliente pode fazer suas transações com o banco 24h por dia, 7 dias por semana.

A Praça- Em que pontos da cidade esses terminais serão instalados?

Dárcio Camilo - Na realidade são mais três pontos do Banco Popular: um na prefeitura municipal, outro no SAEE e mais um na farmácia São José.

A Praça - Quais são os projetos sociais desenvolvidos pelo BB para atender as camadas mais carentes da população? Que outros projetos de desenvolvimento econômico estão em andamento?

Dárcio Camilo - Hoje estamos com três grandes projetos em andamento na praça de Iguatu: Projeto AABB Comunidade, que atende 220 crianças carentes com idade entre 7 e 17anos - projeto que funciona em parceria com a Fundação Banco do Brasil, prefeitura municipal e Federação das AABB'S; Projeto BBEDUCAR, realizando alfabetização de adutos em parceria com a prefeitura municipal; e o DRS Desenvolvimento Regional Sustentável, atendendo a área de fruticultura irrigada - cultura de banana;  Apicultura e Biodisel - esse projeto funciona em parceria com SEBRAE, Elo Amigo, EMATERCE, prefeitura municipal entre outros.

A Praça - Quais são os principais produtos colocados à disposição dos clientes, principalmente em relação às linhas de financiamento para pequenos, médios e grandes investidores?

Dárcio Camilo - O banco oferece um portifólio completo de produtos e serviços buscando a satisfação de toda a comunidade: - Pessoa Física - crédito direto ao consumidor, seguros, capitalização; consórcios gerais, inclusive imobiliários; - Empresas - Capital de Giro, investimentos e financiamentos; - Agronegócios - Investimentos Rurais e Custeios e o grande apoio a agricultura familiar;

A Praça - O Banco do Brasil é um dos parceiros da Expoiguatu na realização da 45ª edição do evento. Qual tem sido a participação da instituição na feira?

Dárcio Camilo - O banco, como parceiro da Expoiguatu, disponibiliza todas as linhas de crédito de seu portifólio à sua clientela, para o evento e temos com perspectiva de liberação de recurso no valor de R$ 1.500.000,00 (hum milhão e meio de reais).

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar