Jornal A Praça - O Jornal de Iguatu

Você está aqui: Arquivos Entrevistas

[Entrevista] - José Simão e Cida Albuquerque (PCdoB-CE)

E-mail
Índice do Artigo
[Entrevista] - José Simão e Cida Albuquerque (PCdoB-CE)
[Entrevista] - Cida Albuquerque (PCdoB)&heading=[Entrevista] - Cida Albuquerque (PCdoB)
Todas as Páginas

 

Continuando a série de entrevistas com os candidatos ao governo, senado e os deputados que concorrem a vaga na Câmara e na Assembléia Legislativa, o jornal A Praça publica nesta edição duas entrevistas. Uma delas com o ex-vereador pelo município de Quixelô, José Simão, um militante histórico do PC do B no Centro-Sul que concorre a uma vaga na Assembléia Legislativa do Estado. A outra entrevistada é a professora Cida Albuquerque, também do PC do B que disputa vaga na Câmara dos Deputados em Brasília.

José Simão

Foto: Divulgação
Dep Estadual José Simão PCdoB
AP - O senhor concorre a uma das 46 vagas de deputado estadual da Assembléia Legislativa. Como foi construída a idéia de sua candidatura?

J.S. - A nossa candidatura nasceu da necessidade do partido ter na Região Centro-Sul, lideranças projetadas para impulsionar a luta dos trabalhadores no sentido de elevar o desenvolvimento desta Região.

AP - O município de sua base eleitoral é Quixelô. Quais são as prioridades que o senhor pretende levantar junto aos governos para seu município caso seja eleito?

J.S. - Buscaremos junto aos governos projetos que levem em consideração as nossas potencialidades  entre elas estão: o desenvolvimento da pecuária, da pesca, da agricultura irrigada elevando a consciência do agricultor para uma mudança de hábito em sua forma de produzir. Pois temos melhores terras, as águas do açude Orós e os vales do Faé e Antonico.

AP - Entre as prioridades para o Centro-Sul na próxima gestão dos governos está a implantação da Universidade Pública e gratuita em Iguatu. Esta luta também será do deputado José Simão, se for eleito?

J.S. - A luta pela implantação da Universidade Pública em Iguatu já é nossa, temos participado de fóruns que tratam da questão buscado apoio junto aos nossos parlamentares do PC do B, Chico Lopes e Inácio Arruda, que já encaminharam o pleito ao governo Lula, atendendo a reivindicação dos estudantes e da sociedade do Centro-Sul. Compreendemos que o sucesso desta luta deve ser de todos que moram no raio de 60km de Iguatu.

AP - Nas últimas eleições para prefeitos, os municípios de Quixelô e Iguatu, onde o senhor será mais votado, foram abalados por denúncias de corrupção, por compra de votos. O que fazer para que o abuso do poder econômica não seja um fator determinante das eleições deste ano?

J.S. - A compra de votos só terá fim quando o povo tiver a educação política necessária para compreender o papel do político. O Brasil precisa de uma reforma política profunda em que conste a fidelidade partidária, financiamento público das campanhas eleitorais e o fim dos direitos políticos definitivamente, para aqueles que comprovadamente se envolveram em corrupção. Este ano, a pequena reforma que pôs fim aos ‘megashowmícios', já proporcionou uma certa igualdade de disputa entre os candidatos, fazendo que estes tenham que se apresentar mais através de suas propostas.

AP - O município de Quixelô, embora sendo uma Região próspera do ponto de vista agrícola, com recursos de água e energia e a disponibilidade da mão-de-obra, ainda é um dos municípios do Ceará com os índices mais elevados de pobreza, miséria e falta de oportunidade, chegando a amargar os piores resultados em relação ao PIB estadual e o IDH-Índice de Desenvolvimento Humano. O que há de errado?

J.S. - O que há de errado é a falta de prioridades, pois os gestores do município ao longo dos anos, estiveram preocupados apenas com obras de concreto esquecendo-se de projetos de desenvolvimento que melhorassem a qualidade de vida do povo.



Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar