Jornal A Praça - O Jornal de Iguatu

Você está aqui: Arquivos Regional Ibama apreende 4.200 kg de peixes em Tauá

Ibama apreende 4.200 kg de peixes em Tauá

E-mail
Após determinação do Juiz da Comarca de Tauá, o Ibama de Iguatu prendeu Pedro Ferreira Lima, Antônio Cícero Lima, José Alves de Oliveira, vulgo Zé Traíra, e Antônio Marques de Souza Filho. Os mesmo foram presos com 4.200 quilos de peixe em cativeiro, já que é proibida a pesca neste período, considerado de defeso dos peixes.

Os peixes estavam nos açudes Várzea do Boi e Favela, na cidade Tauá. Estes são administrados pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca - DNOCS. O Ibama iniciou a operação no último dia 15 no intuito de coibir a pesca no período de defeso do peixe. Os trabalhos de fiscalização foram iniciados nos locais de desembarque nos açudes citados.

Dos 4.200 kg, estavam 1.600 kg com Pedro Ferreira, também 1.600 kg com Cícero Marques, 400 kg com o Zé Traíra e mais 600 kg com o Antônio Marques. Todos eles foram notificados de acordo com o Artigo 32 da Lei 9605/98. Os mesmos podem pegar de 1 a 3 anos de prisão, isso se não for paga a fiança. Antônio Cícero é o segundo presidente da colônia de pescadores de Tauá.

Sumiu

Um caminhão do DNOCS foi colocado à disposição para que os pescados fossem transportados. Mas o mesmo caiu em um buraco quando fazia o transporte. Por conta do atraso com o caminhão, ao chegarem ao açude Favela, o produto apreendido havia sumido. Após uma madrugada de investigações o Ibama conseguiu identificar o veículo que transportou o pescado sumido. O veículo pertencia a Marcos Padeiro. O mesmo informou a localização dos peixes, que estavam na Fazenda Cachoeirinha do Pai Senhor. Tudo que foi apreendido foi doado para instituições, após serem transportados com a maior rapidez e delicadeza por trata-se de produto perecível.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar