Jornal A Praça - O Jornal de Iguatu

Você está aqui: Arquivos Regional Família Gurgel há 100 anos em Acopiara

Família Gurgel há 100 anos em Acopiara

E-mail

O encerramento da programação aconteceu na Praça da Matriz, no período da noite.

Foi no ano de 1908, quando Henrique Gurgel do Amaral Valente, considerado patriarca da família, chegou a Lages, depois Afonso Pena, hoje Acopiara. Ele nasceu em Aracati, e pertence à 8ª. geração da família Gurgel. Seus descendentes, de Acopiara, incluindo filhos, netos, bisnetos, trinetos, tetranetos e um pentaneto, noras e genros dos descendentes compreendem cerca de 1.600 pessoas.

Henrique Gurgel do Amaral Valente é um dos sete filhos de Eduardo Gonçalves Valente que, primeiro se casou com Isabel Gurgel do Amaral. Quando ficou viúvo da primeira esposa, casou-se com a irmã dela, Francisca. Um de seus filhos com Isabel, José Gurgel do Amaral Valente, foi o último embaixador do Brasil nos Estados Unidos, no Império, e o primeiro da República, tendo servido em Washington e Viena.

Henrique, filho de Eduardo com  Francisca, foi de Aracati para Fortaleza e com seu irmão Teófilo Gurgel começou a trabalhar fornecendo secos e molhados aos trabalhadores da Estrada de Ferro de Baturité. De Parangaba, Teófilo voltaria para Fortaleza e unindo-se à família Siqueira, criaria a Siqueira Gurgel.

Henrique acompanhou a construção da linha ferroviária, partindo de Fortaleza. Casou-se com Joana Gondim. Seus filhos nasceram entre Parangaba e Lages. Lá chegou, em 1908, e se estabeleceu na vila, que pertencia a Iguatu. Comprou terras, construiu casa, botou comércio, teve um engenho puxado a burro. Só os dois últimos filhos, Perpétua e Raimundo, nasceram em Lages.

Em Lages, Henrique elegeu-se vereador à Câmara Municipal de Iguatu, foi coletor e delegado de polícia.

No livro “Na Trilha do Passado - Genealogia da Família Gurgel”, de Aldisio Gurgel do Amaral, há muitas informações sobre a genealogia da família Gurgel, considerada pelos especialistas uma das poucas famílias brasileiras que tem toda uma trajetória documentada de várias gerações. Ele esperava fazer a 2ª edição revista e atualizada, deixou tudo pronto, mas infelizmente faleceu antes que isso acontecesse.

A família Henrique Gurgel do Amaral  Valente,  de Acopiara, é a 9ª. geração, dele descendendo a 10ª (filhos) , a 11ª (netos), a 12ª (bisnetos), a 13ª (trinetos), a 14ª (tetranetos) e a 15ª (pentanetos).

Programação

A programação para comemorar a data foi composta de alvorada com a ‘Banda Municipal Eduardo Gurgel Valente, inauguração de placa de bronze, comemorativa dos 100 anos, na Praça Henrique Gurgel do Amaral valente, na Avenida Pedro Alves, antiga Farias Brito. Às 11 horas foi realizada sessão solene da câmara dos diretores lojistas de acopiara - CDL - Centro Pastoral. O horário do meio-dia foi reservado para a participação da familia Gurgel, no programa Espaço Livre, da Rádio Vale do Quincoê. A transmissão foi feita direto do Centro Pastoral, onde aconteceu a solenidade de entrega de comendas e onde também foi servido o almoço para os participantes e convidados.

No período da tarde aconteceu visita ao museu da ONG. Raízes, onde está acontecendo a exposição ‘Gurgel em destaque na história de Acopiara”. A missa solene, às 18h30, foi celebrada pelo bispo emérito do Crato, Dom Newton Holanda Gurgel, com a participação do padre Crisares Sampaio Couto, vigário da paróquia de Acopiara.

À noite aconteceu queima de fogos de artificios e show pirotécnico em frente à casa onde morou Henrique Gurgel do Amaral Valente, ao lado da Praça da Matriz. Apresentação de vídeo da familia Gurgel, produzido por Dr. Nelson Serra e Gurgel, confraternização de familiares, show com a banda do Dr. Francisco Gurgel Medeiros e outros artistas cantores da família Gurgel.

Comentários  

 
#1 rozeni passos 07-06-2012 19:22
procurando tia do meu ,marido tio aurlio costasoares tia maria margarida alves..
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar