Jornal A Praça - O Jornal de Iguatu

Você está aqui: Arquivos Regional Colisão entre duas motos deixa três mortos em Acopiara

Colisão entre duas motos deixa três mortos em Acopiara

E-mail
Foto:J.Guedes
As motos ficaram destruídas com a batida
Um grave acidente de moto ocorrido no final da tarde da última terça-feira, 12, na localidade de Cambitos, a 3 quilômetros de Acopiara, interditou por mais de três horas o trecho da estrada que liga aquele município à cidade de Catarina. A moto de marca Honda KS cor preta, placa, MMN-2895, inscrição de Vista Serrana, Paraíba, guiada por Michel Placine M. Teixeira, 23, que tinha como garupeira, Geana Alves de Oliveira, 16, bateu de frente com outra moto Honda de cor azul, placa, XYM-9748 inscrição de Acopiara guiada por Raimundo Alves da Silva, 59 anos. Com o impacto da batida, morreram na hora Michel Placine Teixeira, Raimundo Alves da Silva e a mulher dele Geralda Maria da Conceição, 54. Geana Alves de Oliveira, que viajava na moto guiada por Michel, sofreu um corte profundo na cabeça e fraturas pelo corpo. Ela foi socorrida para o Hospital Geral de Acopiara e em seguida transferida para o Instituto José Frota, em Fortaleza.

Segundo o relato de testemunhas que viram o acidente, a moto de Raimundo Alves da Silva, que levava como garupeira a esposa Geralda Maria da Conceição, viajava no sentido Catarina/Acopiara. A outra moto guiada por Michel Placine viajava em sentido contrário. No momento o rapaz se deslocava para a vila de São Paulinho, que fica a 40 quilômetros da sede de Acopiara. Há suspeitas de que ele estava sob o efeito de bebida alcóolica e trafegava em alta velocidade. As duas motos bateram de frente. Os corpos ficaram a cerca de 20 metros de distância dos veículos. A polícia foi acionada e o trecho teve que ser interditado até que os corpos fossem recolhidos.

Comoção e dor

Fotos:J.Guedes
Geralda e Raimundo tiveram morte instantânea
Na tarde da quarta-feira, 13, houve muita comoção e dor no velório e durante o sepultamento do casal, Raimundo e Geralda. A filha mais nova do casal, 18, estava completamente transtornada com o acontecimento. Ela chorava e pedia socorro pela vida dos pais ceifada no acidente. Raimundo Alves da Silva e Geralda moravam na vila Esperança, bairro que fica na saída de Acopiara para a cidade de Catarina, e mantinham uma relação de respeito e amizade com as demais famílias do bairro. A notícia do acidente deixou a comunidade em estado de choque. Raimundo e Geralda ganhavam a vida como vendedores ambulantes e estavam voltando para casa quando houve o choque entre a duas motocicletas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar