Jornal A Praça - O Jornal de Iguatu

Você está aqui: Notícias Cartas Calazar, sério risco à saúde pública

Calazar, sério risco à saúde pública

E-mail

O calazar é uma protozoose, ou seja, uma infecção ocasionada por um protozoário do gênero Leishmania dos cães especialmente e transmitida ao homem tendo como vetor um inseto da ordem dos dípteros com o nome popular de palhinha que cientificamente é o Phlebotomus (flebótomo), através da picada deste inseto nos cães doente ao homem.

Esta zoonose era uma afecção tipicamente rural, mas está se urbanizando em virtude das transformações climáticas e/ou o desmatamento. Aliás, também a emigração do homem da Zona Rural às grandes Áreas Metropolitanas com o flebótomo é a verdadeira causa do aparecimento do calazar ao homem com as suas nefastas implicações à saúde pública.

Existem duas formas clínicas do calazar que são a leishmaniose tegumentar americana e a leishmaniose visceral.

Agente infeccioso protozoário cujo nome científico é Leishmania donovani vetor hospedeiro intermediário é um díptero entomologicamente falando conhecido como flebótomo de hábito alimentar hematofágico. Ele vive em locais onde há muita matéria orgânica como currais e estábulos na Zona Rural.

Sinonímia: calazar, úlcera de Bauru, ferida braba e leishmaniose (termo técnico).

Espécie susceptíveis: Cães especialmente e raposas, bem como o homem. Não há transmissão de um animal diretamente ao outro animal e sim através do hospedeiro intermediário que é o inseto.

Sintomatologia. Cães: onicomegalia (unha grande), feridas nas patas, focinho, orelha e no corpo de um modo geral, confundindo-se com a sarna sarcóptica ou Sarcoptose.

OBS: Sintomas da leishmaniose tegumentar americana.

Leishmaniose visceral (calazar): espleno-hepatomegalia que significa o aumento do baço e do fígado concomitantemente, anemia, emagrecimento, falta de apetite, ascite (barriga dágua) e morte.

Tratamento preventivo: é feito com a borrifação onde habita o inseto que é o vetor desta zooantroponose, bem como educação sanitária através de palestras por um técnico sanitarista.

Tratamento curativo: No homem glucantine através da prescrição de um médico sanitarista em ambulatório, hospital ou domiciliar; nos cães não existe tratamento. Aliás, este tratamento é muito dispendioso para o proprietário do animal. Em caso de suspeita conduzir o animal ao Centro de Controle de Zoonoses para que seja coletado o sangue e remetido ao laboratório especializado para identificação ao caso em apreço. Em caso positivo este animal tem que ser sacrificado a bem da saúde pública.

João Francisco do Amaral Neto é Médico Veterinário Sanitarista do C.C.Z.I

Comentários  

 
#7 michel 17-07-2012 22:12
meu cachorro tem calazar. mas minha mãe e nós não sabemos o que fazer sacrificar ou abondana-lo
Citar
 
 
#6 sterfani 13-01-2012 15:39
meu cachorro ta com calazar.eu e minha familia precisamos fazer agum exame ?
Citar
 
 
#5 Rocivania 04-08-2010 13:06
Citando FERNANDA:
minha cachorrinha tava muito doente e levamos ela pra o veterinaio ai la falaram que ela tava com calazar e foi sacrificada .... qual a chance de alguem pegar calaza .... grata

Minha cachorra foi sacrificada hoje por calazar. Ela tinha, apenas queda de pêlo, porém a veterinária aconselhou o sacrifício. Tenho 3 filhos adolescentes (12,13 e 15 anos). Devemos ter algun cuidado especial? Grata. Rocivania
Citar
 
 
#4 FERNANDA 02-08-2010 15:27
minha cachorrinha tava muito doente e levamos ela pra o veterinaio ai la falaram que ela tava com calazar e foi sacrificada .... qual a chance de alguem pegar calaza .... grata
Citar
 
 
#3 Raimunda arlene 14-07-2010 07:43
:zzz Gostaria de obter mais informações sobre essa doença( calazar) pois meu irmão e soro positivo mora em fortaleza e esta internado e os medicos me diseram que ele esta com calazar ele realmente tinha 3 cachorros ,que moreram recentemente, e agora meu irmão já perdeu 10 kilos e gostaria de mais informações.
Citar
 
 
#2 vicente camelo 30-06-2010 14:25
Gostaria de saber como e feito o tratamento em seres humanos contaminados com esta doença, e se realmente tem cura, e se as pessoas que moram perto da pessoa infectada corri risco de ser contaminadas.
Citar
 
 
#1 Visitante 22-05-2010 15:55
meu cachorro tem 12 anos e esta cego nao levanta nao late e come bem ,percebo que ele fica arrahando a unha no chao sera que ele esta com calazar? estou muito preocupada pois ate um dia deste ele era forte bravo e muito esperto agora nao sai do canto so quando coloco comida ja pensei em levar ao centro de soonoze mas fico com pena de ele ter que ficar la me falem alguma coisa sim ele esta com o pelo muito feio mas nao tem ferimentos e parece sentir muita\ dor ao sai do canto vive deitado mi digam o que faço grata marilena
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar