Jornal A Praça - O Jornal de Iguatu

Você está aqui: Notícias Cartas Gláucio

Gláucio

E-mail

Tuas balas tinham gosto de hortelã. Toda manhã de domingo quando voltavas da residência do coronel Giovani, tu tocavas a campainha lá de casa.

Eu já sabendo quem era ia abrir a porta e tu com tua bicicleta, inseparável companheira, te escondias e ficavas:

- Giovani, Giovani.

Eu ria, tu entravas, tomavas um simples café e começavas a perguntar ao Léo e ao Igor as costumeiras adivinhações. Era como se fossem três crianças a brincar. Depois tu saias e eu sentia que os meninos queriam mais. Tu eras assim mesmo Mericó, onde passavas, deixavas saudades.

O meu mundo ficou menor, entretanto quem teve o prazer de te conhecer, passou a admirar-te, pela tua simplicidade, humildade, humor, extrema pureza e bondade.

Com certeza DEUS receberá um filho amado por todos, uma eterna criança.

Com profundo pesar!

Giovani de Oliveira

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar