Jornal A Praça - O Jornal de Iguatu

Você está aqui: Notícias Cartas Natal a prazo X Débitos em vista

Natal a prazo X Débitos em vista

E-mail

Tenha cuidado com as compras a prazo, percebo quando vou levar o pão no caminho do trabalho a minha residência, ou vou ao supermercado, nas poucas vezes que consigo sair mais cedo do escritório ou que não estou viajando, que mais da metade das pessoas na fila do caixa, pagam com cartão de crédito, não cartão de débito ou dinheiro e sim a utilização do seu crédito. Observamos sempre isto na rotina do dia a dia imaginem em épocas de festas, principalmente festas de Natal onde a volúpia do consumo é bastante estimulante e estimulado pelas propagandas, pelas belíssimas decorações dos shoppings criando todo um clima, voltado para seu crédito, para compras a prazo e aí é que mora o perigo! Vamos então enumerar algumas dicas para você evitar débitos em vista:

1-Lembre-se sempre, em março anualmente os índices de inadimplência crescem em todas as regiões do Brasil, resultado exatamente do excesso de compras a prazo durante as festas de fim de ano, portanto previna-se, não dê o passo além de suas reais possibilidades, escolha o crédito rigorosamente dentro do seu orçamento.

2-Seria o caso de pesquisar em seu banco uma linha de crédito com taxas menores, repito, dentro do seu orçamento, solicitar um valor suficiente para todas as compras previstas a prazo neste período e faze-las à vista. Desta forma você ficaria livre dos juros divergentes praticados no mercado e ainda poderia barganhar redução em cima do valor dos produtos adquiridos, quem paga em dinheiro tem um maior poder de barganha!

3-Muita gente tem o habito de comprar roupas para usar durante boa parte do ano, não somente as que vai usar no natal e ano novo, é um erro, deixe para comprar a maioria em janeiro e fevereiro cujos descontos são excelentes, em muitos casos até mais que 50%. Compre apenas o necessário para as festas e deixe as outras para depois.

4-Outro perigo e bastante estimulante ao consumo além do previsto é levar todo mundo junto às compras. É uma festa dentro das festas, se um filho escolhe uma roupa, tênis ou sapato mais caro, o outro não vai querer, como fala entre eles, ficar por baixo, esta competição sobra pra quem? Lógico, pra você que vai pagar a conta. O correto é conscientizar logo o quanto vai ser possível gastar para cada um e deixar bem claro que não vão ser feitas concessões, caso contrário, mais débitos em vista!

5-O ideal mesmo seria nem usar o crédito, mas se fizer, faça-o com equilíbrio, com planejamento, pesquise as melhores opções, conserve e preserve seu suado dinheiro e claro, dentro do orçamento, exercite o prazer do consumo conscientemente sem se deixar levar pelos impulsos.

Lembre-se "NATAL A PRAZO representa DÉBITOS EM VISTA"

Emanuel Gonçalves da Silva
Consultor de Dívidas
www.sosdividas.com.br
(xx71)-99499075

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar