Jornal A Praça - O Jornal de Iguatu

Você está aqui: Notícias Política Deputado aliado defende reajuste

Deputado aliado defende reajuste

E-mail
Foto:Divulgação
Deputado Estadual Artur Bruno (PT)
Um integrante da bancada de situação na Assembléia Legislativa esta semana surpreendeu os presentes durante um pronunciamento. O deputado Artur Bruno (PT) defendeu a necessidade de reajuste dos salários e de revisão do plano de cargos e carreiras dos servidores da educação. Na quarta-feira passada, representantes da Apeoc, da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT) estiveram na AL para buscar apoio dos parlamentares. Artur Bruno disse que os servidores reivindicam 35 ações do governo estadual, dentre elas uma política de valorização, reajuste salarial de 25%, uma nova data-base e a revisão do plano de cargos, carreiras e salários. Bruno lembrou que, no ano passado, foi criada uma mesa permanente de negociação entre servidores e governo que se reúne todos os meses. O deputado Heitor Férrer (PDT), em aparte, disse que “só reposição salarial é uma política perversa, temos que pedir ao governo que faça reajustes e plano de cargos”.

O deputado petista cobrou uma solução justa por parte do governo estadual, para a situação dos aprovados no concurso de Delegado de Polícia Civil, que corre o risco de ser anulado por conta de fraudes praticadas por alguns de seus participantes. A anulação foi solicitada na última terça-feira pelo Ministério Público do Estado do Ceará. “A maioria de vocês não pode ser prejudicada por uma ação indevida e até criminosa de alguns”, disse ele, dirigindo-se aos representantes dos concursados que se encontravam nas galerias do Plenário 13 de Maio acompanhando a sessão.

Está prevista para o próximo dia 19 de junho uma audiência pública pela Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, para debater as reivindicações dos servidores. Artur Bruno também registrou a presença de funcionários e estudantes do Liceu de Vila Velha, que compareceram à Assembléia Legislativa para pedir uma solução para as divergências existentes em relação à atual diretoria da escola.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar