Jornal A Praça - O Jornal de Iguatu

Você está aqui: Notícias Política Vereadores aprovam doação de terrenos

Vereadores aprovam doação de terrenos

E-mail
Foto:DivulgaçãoNesta semana a Câmara Municipal aprovou dois projetos de doação terrenos para a construção da nova sede do Senac e a construção de uma Cozinha Comunitária em Iguatu, ambos foram enviados pelo executivo municipal.

O primeiro projeto aprovado na sessão de terça-feira, 21, foi a doação para a Fecomercio de um terreno com 2.066,57 m², localizado na Rua 13 de maio, nas proximidades do Sesc. “Ficamos felizes pela aprovação deste projeto da PMI. O Senac terá a possibilidade de ampliar os seus trabalhos na preparação de uma mão de obra qualificada em nossa cidade”, disse o presidente da Câmara, Aderilo Alcântara. Em seguida o segundo projeto, que deverá auxiliar mais de 300 famílias dos bairros Areias, João Paulo II e Jardim Oásis, foi aprovado por unanimidade pelos vereadores presentes com a doação de um terreno com 1.624,50 m², localizado no Loteamento Rolim, no Bairro Areias, para a construção da Cozinha Comunitária em Iguatu. Este é um projeto do governo federal que em parceria com a prefeitura deverá entrar em ação no início do próximo ano.

“A nossa Câmara Municipal está de parabéns. Este foi um passo decisivo para a implantação deste projeto em nosso município. O terreno faz parte de um processo que temos que seguir por ordem do Ministério do Desenvolvimento Social de Combate à Fome”, declarou a secretária de Ação Social, Célia Freitas.

Além de oferecer alimentação por um preço simbólico para as famílias, estarão à disposição dos beneficiários uma série de profissionais (nutricionistas, psicólogos, agentes sociais e pedagogos). Por dia serão servidas três refeições. Cursos serão ministrados na área de saúde alimentar. “Não será apenas um local para alimentação, mas para que as pessoas possam ter um acompanhamento social da nossa equipe. Esta união de ações é a diferença desta administração que tem à frente o nosso gestor maior, que procura realizar o trabalho social, para a recuperação da dignidade das nossas famílias”, destacou Célia Freitas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar